Mar de Outono


Nas margens do mar da vida,
sentei e chorei
Existe um mar de tristeza,
que flui do meu coração solitário.

Embora seja difícil de explicar
Nem sempre fácil de entender.

Em uma tarde de outono
Nas margens do mar da vida,
sentei e chorei

Lembranças e pensamentos,
fluindo da minha alma.
Expondo sentimentos que permanecem vivos,
de um passado ainda não esquecido,
Seguem o curso das aguas,

do mar da minha vida!

logodeby1

 

IMG_2534.JPG

Não consigo explicar
O que voce reluta entender
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s