Aos seus pés

Essa Noite,
vou me ajoelhar aos seus pés.
Te pagarei minhas promessas.
Te olharei nos olhos,
te tocarei com meus lábios.
Subirei pelas suas pernas,
como quem se agarra a propria vida.
Te farei suspirar,
me implorando para não parar.

Quando chegar em seu quadril,
estarei cansada,
suada,
sedenta.
E em sua fonte
me saciarei,
até que você
se renda.

coollogo_com-25764336logo_SafeCreative

8 comentários em “Aos seus pés”

  1. Sorve de mim o prazer de me ler
    Declama em teus lábios traços largos
    Ditongos que rodopiam na língua
    Sorve os sinónimos e adjectivos
    De tudo o que “falo” e escrevo
    Ensaia em mim o prazer de beber
    Poemas cheios que te preenchem o prazer…
    Bebe-me ávida e sedenta de mim mesmo
    Abocanha-me o poema,
    Que te advenha o êxtase,
    Na lubrificação das palavas….
    Tudo é poesia, no jorro profundo das rimas
    Grito anunciado do fim…

    Curtido por 2 pessoas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s